terça-feira, 26 de julho de 2016

Projeto Arrastão inovando sempre na comemoração de 48 anos


Fundado em 1968, o Projeto Arrastão, comemora 48 anos de existência, o Projeto Arrastão é uma organização sem fins lucrativos que faz o acolhimento social e dá suporte às famílias da região do Campo Limpo que vivem em condição de pobreza. Esse trabalho de promoção humana e de desenvolvimento das comunidades é feito em conjunto com estas famílias e dão origem aos programas que oferecemos nas áreas de educação, cultura, geração de renda, habitação e qualidade de vidaLocalizado na periferia de São Paulo, o bairro do Campo Limpo é reconhecido há décadas pelos altos níveis de violência urbana e pela degradação social e ambiental de uma região com cerca de 240 favelas e mais de 700 mil habitantes composta em sua maioria por migrantes e filhos de migrantes de outras regiões do país como nordeste e centro-oeste. Para inovar confira abaixo o que jovens da periferia criam de startups.

Vera Masagão Presidente do Projeto
Foto divulgação


Jovens da periferia criam propostas de startups
Jovens da periferia de São Paulo estão se inserindo no cenário de inovação por meio de formação nas oficinas gratuitas do Programa ArraStart. Os jovens criam propostas de startups e descobrem os caminhos para novos negócios de impacto social. São oficinas gratuitas que levam empreendedorismo, startups, cultura maker, inovação, impacto social, aplicativos e muitas outras tecnologias para o cotidiano do jovem da periferia. A iniciativa é resultado da parceria do Projeto Arrastão com a Fundação Telefônica Vivo. O programa é voltado para jovens com idade de 14 a 29 anos da Grande São Paulo.
O Projeto Arrastão está com turmas da Fase 1 em andamento na sede do Projeto Arrastão (Campo Limpo) e no Centro de Assistência e Motivação de Pessoas (CAMP) para jovens de 14 a 17 anos. Em agosto novas turmas da Fase 1 serão abertas no SESC Campo Limpo, nos dias nos dias 2, 9, 16, 23 e 30 de agosto (encontros sequenciais), das 18h30 às 21h45. As inscrições estão abertas a jovens de 18 a 29 anos pelo link http://bit.do/sesc16.


Nas fotos Vera Masagão com alunos do projeto e apresentação
do projeto educação infantil, alimentação saudável e recreações
Foto divulgação


Serviço: PROGRAMA ARRASTART
O que: oficinas de empreendedorismo, tecnologia e inovação social
Quando: 2, 9, 16, 23, 30 de agosto (encontros sequenciais). Terças, das 18h30 às 21h45.
Onde SESC Campo Limpo
Quem:  jovens 18 a 29 anos.
Quanto: Gratuito
Inscrições http://bit.do/sesc16

Assessoria Silvia Neubern


Pretty in Pastel!

Cores açucaradas e looks quase esportivos devem (sim!) jogar no mesmo time nesta estação. 



Novo Bronze
Experimente deixar o pó bronzeador na gaveta por alguns dias e finalizar a pele com um blush bem rosado. Fãs de batons cor-de-rosa têm uma nova tonalidade para testar: o lavanda.
Segredo: aplique o blush só na frente do rosto, na região redondinha que aparece quando você sorri.




Smack azul

Cansou dos batons vermelho, pink ou ameixa? Vá de azul feito Rihanna, umas das adeptas da cor nada comum!

Segredo: pigmentos cremosos de marcas profissionais de maquiagem (M.A.C, Kryolan e Make Up Forever, por exemplo) são boas opções para conquistar esse efeito. Uma camada de gloss transparente (até por cima do vermelho) deixa o acabamento mais bonito. Outro foco Dê folga para as pálpebras e para a raiz dos cílios superiores e destaque a linha de baixo com um lápis cremoso.
Segredo: para deixar a forma dos olhos amendoada, preencha um pouquinho dos cantos externo e interno dos olhos, mantendo o centro natural.



Máxi delineador

O esfumado tradicional ou o traço de diva hollywoodiana podem dar espaço ao delineador dramático, que ocupa toda a pálpebra, e deixa qualquer look mais cool. Segredo: vale usar o seu delineador preto favorito, mas avisamos: quanto mais colorido, melhor! Sem compromisso

Esqueça o esfumado marrom e preto na hora de usar sombras coloridas. O jeito mais atual é transforma-las em uma verdadeira pincelada artística.
Segredo: use um píncel úmido na sua sombra compacta favorita para conseguir o efeito aquarelado.




Think pink
Que tal combinar um belo batom fúcsia com pele fresh e olhos levemente rosados, mas com efeito molhado?
Segredo: Max espalhou batom cremoso nas pálperas e cobriu a região com gloss transparente. O resultado é super-moderno.






Fonte e texto
Editorial: Revista Conexão CKamura N°11
Fotos: Alex Batista, Edição: Vânia Goy
Cabelo: Celso kamura, Maquiagem: Max Weber (CKamura SP), Styling: Fernanda Ary
Assessoria Mkt


segunda-feira, 25 de julho de 2016

Como funcionam os Florais de Bach por Sílvia Bacci, terapeuta floral especializada em Florais de Bach.


Você sabe o que é terapia floral? Ela tem o objetivo de resgatar o equilíbrio físico, mental e emocional em meio às tensões que cada um vivencia. A partir de consultas regulares e da análise das questões que incomodam o paciente, é recomendado o uso de determinados florais, como catalisadores do processo de transformação. As consultas são presenciais, mas também podem ser realizadas à distância, via internet.

Foto divulgação 

A terapia com os Florais de Bach em geral é mais breve do que as convencionais. Neste tratamento a escuta do paciente é muito importante, como em outras terapias. A diferença é que usamos os Florais de Bach como catalisadores do processo de transformação pessoal. Os florais de Bach são desenvolvidos a partir de flores, arbustos ou árvores silvestres originárias da Inglaterra, por meio do método de fervura ou método solar. Eles são preparados em farmácias homeopáticas e de manipulação e são ingeridos em gotas.

Foto divulgação 

Qualquer pessoa pode fazer uso dos  Florais de Bach? Sim, desde que sejam observadas cuidadosamente as suas particularidades. É preciso entender o que ela está buscando tratar com a terapia de florais e avaliar se é necessário um trabalho conjunto com a alopatia ou não. Os remédios alopáticos que ela toma influenciam o tipo de conservante a ser indicado para o floral. O conservante mais comum é o brandy (o conhaque), mas o vinagre de maçã e a glicerina são boas opções em certos casos.

Foto divulgação 

"É preciso ter a coragem de pensar por si próprio, acreditar em suas intuições, utilizar ensinamentos e ouvir opiniões de pessoas que você reconheça como verdadeiras", Dr. Edward Bach, criador dos florais de Bach. 

Serviços e fonte:



Sílvia Bacci  Terapeuta Floral especializada em Florais de Bach, trabalha com florais de Bach desde 1997.
Contatos: Tel. 11 3501-3004 
cel. 11 9 9972-7567 - 
E-mail bacci@uol.com.br
Fanpage: https://www.facebook.com/astrologasilviabaccii/


Foto divulgação 

domingo, 24 de julho de 2016

Porque as cirurgias plásticas são mais procuradas no inverno

Durante a preparação para uma cirurgia plástica é comum surgir uma dúvida: quando é o melhor momento para realizar o procedimento? De acordo com o cirurgião plástico da Clínica Grafguimarães. Dr. Carlos Alberto Preto Guimarães, o melhor período para a realização de qualquer intervenção cirúrgica é o inverno.

“Esse período de temperaturas mais amenas é o mais escolhido por proporcionar maior conforto durante sua recuperação, principalmente quando a intervenção exige uso de cintas ou ataduras”, afirma o especialista. Além disso, o repouso torna-se mais cômodo pela ausência do calor excessivo; os pacientes retêm menos líquidos e, consequentemente, ficam menos inchados. “Outras vantagens estão em poder usar roupas mais largas e/ou compridas para esconder curativos, cinta ou eventuais hematomas e a exposição ao sol é quase nenhuma, o que evita manchas na pele e acentuação de cicatriz”, detalha o especialista.

Cirurgias plásticas são cada vez mais recorrentes no Brasil. Não à toa, o país ocupa a primeira posição no ranking mundial de cirurgias plásticas, com cerca de 1,5 milhão de procedimentos por ano. 88% das pessoas que enfrentam os bisturis são mulheres, geralmente em busca do corpo ideal, e para isso, os procedimentos queridinhos desse público são a lipoaspiração e as plásticas de mama. 

Foto divulgação 


Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica revelam que a busca por procedimentos desse tipo aumenta em até 50% durante o inverno. O período favorece o pós-operatório por diversos motivos. O principal deles, além do desconforto, é o inchaço, que nesse período tende a ser menor. “Durante o frio a dilatação de vasos e a retenção de líquido é menor. O período frio provoca uma vasoconstrição periférica, ou seja, uma contração dos vasos sanguíneos, proporcionando a redução do inchaço. Outro fator que faz com que as pessoas busquem esses procedimentos nessa época é a recuperação antes do verão, considerado o principal benefício de realizar o procedimento no inverno”, afirma Guimarães.


Foto divulgação 

O período de recuperação dura em média três meses, o que ajuda o corpo a estar preparado para a estação mais quente do ano e permite ao paciente que se adapte ao novo visual antes da chegada do verão. Já os resultados dos procedimentos nada têm a ver com a estação do ano escolhida. “Os resultados geralmente estão relacionados a diversos fatores, o principal deles é que o paciente siga todas as recomendações do pós-operatório. O período de repouso, evitar esforço físico e obedecer às prescrições medicamentosas garantem o sucesso do procedimento”, conclui o especialista.

Pacientes devem seguir rigorosamente as recomendações do pós-operatório para obter bons resultados no procedimento . 

P+G Comunicação Integrada

Copyright © 2015 - clickjoribeiro.com.br

Todos os direitos reservados

Design e código: Sanyt Design | Imagem logo: Deposit Photos