domingo, 18 de junho de 2017

Como evitar que sua pele sofra com o frio

Especialista dá dicas para que queda de temperatura e baixa umidade não sejam problema

O inverno já bate na porta, houve queda de temperatura em algumas regiões do país e, com a chegada do frio, vem também a queda da umidade do ar. Essas alterações são sentidas por nosso organismo, aumenta a incidência de doenças respiratórias e a pele também fica mais ressecada do que em outras estações do ano. Segundo o dermatologista Bruno Vargas, é possível amenizar os danos e manter a pele saudável nesse período, desde que sejam tomados alguns cuidados.

O médico pontua que, se os banhos quentes e demorados parecem uma boa alternativa para se fugir do frio, devem ser evitados, pois levam ao ressecamento da pele. “É importante também utilizar sabonetes hidratantes e não exagerar na hora de ensaboar, pois isso pode acabar alterando a composição do manto hidrolipídico, um hidratante natural produzido pelo organismo”, aconselha ele.

Para manter a hidratação, é importante, ainda, utilizar cremes e óleos corporais, sempre escolhendo o mais adequado de acordo com o tipo de pele. Outra dica é usar esses produtos logo após o banho, pois assim, a pele os absorve com mais facilidade.

O protetor solar também não deve ser esquecido, pois mesmo em dias nublados, a radiação do sol continua a fazer efeito na pele. O mesmo vale para a água, o conselho de tomar dois litros por dia, é válido o ano todo. “Deve-se manter uma alimentação balanceada. Tente incluir na dieta alimentos ricos em antioxidantes e vitaminas, pois eles vão refletir benefícios em longo prazo”, recomenda o dermatologista.

Hora de se tratar

Segundo Vargas, o inverno é uma ótima época para realizar tratamentos dermatológicos, já que a maioria requer que a exposição solar seja evitada. “Peelings e procedimentos a laser são muito procurados na clínica nesta época”, fala.
Para quem busca o rejuvenescimento global da pele, com melhoria de sinais como rugas superficiais e profundas, manchas, cicatrizes e poros abertos, o laser fracionado é uma boa opção. A formação do colágeno inicia-se a partir da quarta semana e ocorre por três meses após o procedimento. Os lasers podem, também, ser indicados para tratamento de vasos, remoção de pelos e tatuagens.

Os peelings são procurados em qualquer época do ano, mas no inverno, a demanda dobra. “O peeling químico tem a finalidade de retirar as camadas de células mais superficiais da pele, melhorando o aspecto geral da cutis. O número de sessões vai depender de cada caso”.

luz pulsada promove rejuvenescimento global da região tratada. A tecnologia atua primordialmente na melanina e hemoglobina e por isso melhorara manchas de sol (melanoses) e dimuem os microvasos da pele.

Fonte e texto

Hipertexto Comunicação Empresarial 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Copyright © 2015 - clickjoribeiro.com.br

Todos os direitos reservados

Design e código: Sanyt Design | Imagem logo: Deposit Photos